Igreja Evangélica Cristã Renovada-Ministério Feminino Guerreiras de Cristo

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva." (João 4 : 10)

Sejam bem-vindos ao nosso blog!

Aqui você poderá ler artigos e estudos da Palavra com a finalidade de edificar o seu conhecimento cristão.


A paz de Cristo esteja com vocês!

Hérica Macêdo Andrade

sexta-feira, 24 de junho de 2011

O purificador da prata

Paz meus queridos!!!

Este post eu recebi por email de uma amiga e achei o máximo, por isso vou compartilhar com vocês. Fiquem na Paz de Cristo!



'E assentar-se-á como fundidor e purificador de prata...'



Esse versículo bíblico intrigou umas mulheres de um estudo bíblico e elas ficaram pensando o que essa afirmação significava em relação ao caráter e à natureza de Deus.

Uma delas ofereceu-se para descobrir sobre o processo de refinamento da prata para o próximo estudo bíblico.

Naquela semana, a mulher ligou para um ourives e marcou um horário para assisti-lo trabalhar. Ela não mencionou a razão do seu interesse e só disse estar curiosa para conhecer o processo.

Ela foi assisti-lo. Ele pegou um pedaço de prata e o segurou sobre o fogo, deixando-o esquentar.

Ele explicou que, no refinamento da prata, é preciso que se segure a mesma bem no centro da chama, onde é mais quente e queima-se as impurezas.

A mulher pensou sobre Deus, que às vezes, segura-nos em situações 'quentes' e pensou novamente no versículo: 'E assentar-se-á como fundidor e purificador de prata...'

Ela perguntou para o artesão se ele tinha mesmo que ficar sentado o tempo todo na frente do fogo enquanto a prata estava sendo refinada.

Ele disse que sim; que não somente ele tinha que ficar lá, segurando a prata, mas que ele tinha que, também, manter seus olhos na mesma o tempo todo que ela estivesse nas chamas. Se a prata ficasse um minuto a mais no fogo, seria destruída.

A mulher ficou em silêncio por um momento. Então, ela perguntou: 'Como você sabe quando a prata está totalmente refinada?'

Ele sorriu e disse: 'Ah, isso é fácil...
É quando eu vejo minha imagem nela.'

Se hoje você está sentindo o calor do fogo, lembre-se que os olhos de Deus estão sobre você e que Ele vai ficar cuidando de você até que Ele veja Sua imagem em você.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Feliz dia dos namorados (atrasadinho...rsrsrs)

O amor está no ar! Hoje, 12 de Junho, o amor está em alta. É dia de reviver emoções vividas juntas, momentos compartilhados, e mais do que isso, experimentar coisas novas.
Deus reservou para cada um de nós uma pessoa que nos complete, que esteja totalmente moldada ao nosso estilo de vida, nossa rotina, que entenda nossos anseios e desejos e que tenha em mente as mesmas ambições. Talvez demonstremos isso de modos diferentes, mas no fim sempre escolhemos de igual modo.
Lembre-se que nada disso é por acaso, há um propósito em tudo, e o que Deus planejou para sua união com seu cônjuge, namorado ou noivo, se cumprirá no tempo certo. Não deixe a chama do amor se apagar em seu coração, e comece hoje mesmo a viver de forma intensa ao lado da pessoa que Deus separou pra você.E se você não encontrou ainda a tampa da sua panela, aguarde instruções de Deus, ele não se esqueceu de você, pode ter certeza disso! Ore e busque do alto as coordenadas certas, que te levarão à(ao) felizarda(o).

terça-feira, 7 de junho de 2011

Beleza, muito mais que um rosto atraente


:: Beleza da Mulher : Mais do que um rosto atraente ::

A Bíblia tem muito a dizer tanto sobre a beleza interior como sobre a beleza exterior.Muitas mulheres da bíblia, foram notadas por sua aparência encantadora, como Sara, Rebeca, Raquel, Abigail, Bate-Seba e Ester. Ref. Gn. 12:11; 24:16; 29:17; 1Sm. 25:3; 2Sm. 11:2; Et. 2:7)
A Rainha Ester fez um tratamento de beleza Ref. (Et. 2:3;12)
Pode-se enontrar a descrição de um concurso de beleza no livro de Ester;.Ref. Et. 2
A aparência da mulher segundo o coração do SENHOR deve ser um complemento de seu espírito interior e jamais um obstáculo para o Reino de Elohim.

Mesmo carregando em si a beleza que encantou um rei, Ester carregava algo que a diferenciava de todas as demais concorrentes deste concurso; a unção de Deus!
Beleza é muito mais que um rosto atraente, um corpo delineado ou andar na última moda. Uma boa higiene, pele bem cuidada, trajes apropriados e modos graciosos devem ser o meio de exibir uma aparência exterior que atraia outras pessoas e lhe proporcione a oportunidade de dar testemunho do Cristo que habita em nós.
"Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens.Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração." 2 Coríntios cap. 3 vers. 2 e 3 

O rosto da mulher é, em geral, o espelho do coração. Quando ela confia no amor do SENHOR, suas feições se suavizam e as rugas se atenuam. A paz e a alegria interiores refletem-se no rosto dela. As ações e atitudes da mulher, costumam indicar onde suas raízes foram plantadas.
 
Quando o coração da mulher está firmado em paz e alegria, sua aparência exterior irradia vitalidade, entusiasmo, amor e uma profunda sensação de bem-estar. Algo que quilos de maquiagem, perfumes caros, cabeleireiro famoso, roupas de alta costura ou muita ginástica na academia nunca poderão lhe propocionar.
O Espírito Santo que habita nas filhas do SENHOR, confere à mulher vitalidade e entusiasmo, tornando-a um ímã que atrai as pessoas, não pelos desejos da carne mas pela necessidade de Espírito.
A verdadeira beleza vem de dentro e é manifesta por motivos puros e generosos e por um espírito altruísta.Só Jeus pode gerar uma fonte de amor, alegria e beleza assim, quandoa muher entrega sua vida a Ele.
Tratamento de beleza nenhum nem roupas caras conseguem esconder o coração sem beleza, palavras maldosas ou atos desagradáveis.

adaptado de:  Bíblia da Mulher Leitura, estudo e devocional.Editora Mundo CristãoPág. 787
Fonte: Blog um mundo cor de rosa

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Fabriquemos pérolas



Ás vezes ficamos muito tristes, magoadas mesmo. Decepcionadas com situações e circunstâncias, queás vezes nem é com a gente diretamente. Fofoca, invenções e calunias. Que coisa diabolica!
A maioria de nós está bem familiarizada com a fofoca - já ouvimos, espalhamos e fomos vitimas dela. Os boatos tem uma caracteristica perigosa - as pessoas não se sentem responsáveis pelo que transmitem como boato, e atribuir responsabilidade e prejuízos torna-se muito mais dificil.

Nossas conversas,geralmente estão povoadas de criticas. O Senhor lista os fofoqueiros ao lado dos inimigos de Deus, dos desleais, dos insolentes e dos homicidas( Rm 1.28-32). A Biblia é clara quanto aos prejuízos ( Pv 11.13, 16.28,18.6) e consequencias da fofoca e da maledicencia (Sl 101.5; Pv 8.13; Mt 12.36).

Ao acordar hoje, e fazer a minha devocional , lembrei-me das pérolas. E o Senhor falou ao meu coração para fabricar algumas delas.

Então quero compartilhar com vocês o quanto aprendemos com as ostras.
A pérola é o resultado da entrada de uma substância estranha, ou um grão de areia, no interior da concha que contém a ostra. A parte interna da concha é uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia nela penetra, as células do nácar entram em ação e recobrem o grão com várias camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra.

Como resultado, uma linda pérola vai se formando no seu interior. Uma ostra que nunca foi ferida não produzirá pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

Você já se sentiu ferido pelas palavras rudes de um amigo? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse ou feto coisas que não fez? Suas idéias e atitudes já foram rejeitadas ou mal interpretadas? Então produza uma pérola! Cubra suas mágoas e as rejeições sofridas, com camadas e camadas de perdão e amor.

Infelizmente, são poucas as pessoas que aprendem a não cultivar ressentimentos, e por isso deixam as feridas abertas, alimentando-as com sentimentos inferiores, não permitindo que cicatrizem, e daí o haver tantas ostras vazias!

Não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam compreender, perdoar e transformar a dor em amor. Fabriquemos pérolas!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

A Parábola das dez virgens



Nela, dez virgens, cinco loucas e cinco prudentes, saem ao encontro do esposo. Cada uma, leva consigo, uma lâmpada acesa. O esposo, demora a chegar. As lâmpadas das loucas, se apagam. Se afastam das prudentes, em busca de adquirirem azeite. Ao retornarem, o esposo havia acolhido as cinco virgens prudentes, deixando-as de fora: "Não vos conheço" Mt 25: 1-13.

O Esposo: É Cristo. Sua chegada, representa as bodas do Cordeiro, a segunda vinda à terra: Regozijemo-nos e alegremo-nos, e demos-lhe glória, porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou" Ap 19:7.

Virgens: Representam a esposa, a igreja: "Porque estou zeloso de vós, com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um marido, a saber, a Cristo" IICor 11:3.

Lâmpadas: Representam a vida, o espírito: "E a seu filho darei uma tribo: Para que Davi, meu servo, sempre tenha uma lâmpada diante de mim em Jerusalém, a cidade que escolhi para por ali o meu nome" I Reis 11:36.

O Azeite: É O Espírito Santo de Deus. A Unção que mantêm acessa a lâmpada: " Tu, pois, ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveira, batido, para o candeeiro, para fazer arder as lâmpadas continuamente" Êxodo 27:20.

Virgens Loucas: Ao partirem ao encontro do esposo, carregavam lâmpadas acesas. Tinham azeite. Com a demora do esposo, suas lâmpadas apagaram (v8). Não tiveram suprimento suficiente para evitar a "morte" da lâmpada. Esse grupo de virgens, representa, os que dizem seguir a Cristo, porém, não O obedecem: "E aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica, compará-lo-ei ao homem louco..." Mt 7:26.

Essas virgens, usavam aliança de noivado, porém, traíam O Esposo. O relacionamento para com Ele, não era fiel e verdadeiro. Começaram com azeite, mas, não se esforçaram em mantê-lo até o casamento.

Em Busca de Azeite:"Dai-nos vosso azeite, porque nossas lâmpadas se apagam" (v8). As prudentes, se negaram a dividir o azeite: "Vão comprar" (v9). As loucas, esperavam ser salvas, com azeite alheio. Sem esforço. Mas, azeite, não é fácil, nem barato. Existe todo um processo para sua obtenção. A negação das prudentes, tem um significado muito especial e não é mesquinho: "Salvação é individual" Rm 14:12: "Cada um dará conta de si mesmo a Deus".

Uma compra, exige valor monetário. Adquirido com trabalho. As virgens prudentes, trabalharam diligentemente para se suprirem Estavam prontas para casamento. As loucas, queriam, a festa, não o esforço. Mantiveram o foco, no lado fácil do Cristianismo. Se acomodaram.

"E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo. Senhor, Senhor, abre-nos a porta. Não vos conheço" (vs 10, 11, 12). Quando Jesus disse:"Buscai o Reino" Mt 6:33, essa busca, deve ser diária. O distanciamento de Deus, leva ao pecado, é "luz apagada".

Virgens Prudentes: "Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente..." Mt 7:24. As virgens, prudentes, obedeciam O Cordeiro. Por isso, tinham azeite suficiente para uma possível demora. Imagino-as, carregando um frasco, bem protegido, em uma bolsa a tiracolo, para não perder, nem quebrar.

Estavam mais interessadas em encontrar O Noivo, não em agradar suas colegas loucas. Negaram azeite para elas. Se nós, nos importamos em fazer apenas a vontade dos homens, estaremos desagradando a Deus. Perdendo azeite: "Não seja o caso que nos falte a nos e a vós" (v9). Ou seja, "escolhemos a Cristo". Já lhe convidaram a dividir azeite? Não é o mesmo que multiplicar.Se todas as prudentes, dividissem o azeite com as loucas, em pouco tempo, todas estariam no escuro. Todas, fora das bodas. Dividir azeite, aqui, significa fazer a vontade do mundo.

Quando o azeite acaba: Precisamos escolher em que grupo queremos estar: No das loucas, ou das prudentes. Se nos acomodarmos ao pouco azeite, não buscarmos abastecimento constante, morreremos. Foi assim com Adão e Eva. Começaram a vida, no Edén, cheios de azeite. Suas lâmpadas, brilhavam intensamente, até o dia que escolheram amar mais o mundo que a Deus. Resultado? trevas, lâmpadas apagadas(Gn. cap.3). Saul foi outro. Começou com azeite e terminou sem. O Espírito Santo de Deus, o deixou. A lâmpada, apagou. Homem louco (I Samuel 16:14).

Se suprindo de azeite: A Bíblia nos diz: "Hoje é o dia para o arrependimento" (Hb 3:15). Nós sabemos quando estamos ou não, supridos de azeite. As virgens loucas, sabiam. Resolveram arriscar. Não olhemos para a lâmpada alheia, achando que ela irá nos salvar. Adquiramos nosso próprio azeite: Arrependimento, confissão, obediência, comunhão. Assim, a luz não se apagará.

Alcançar o reino, exige sacrifício, renúncia, cravos e espinhos, chagas e cicatrizes. O Reino, não é só festa. "Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz, e alegria no Espírito Santo". Rm 14:17. Por fim, é na vigilância que se encontra o segredo para a consolidação do casamento: "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir" Mt 25:13.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Que amor é esse?





Graça e Paz!

É chegado o momento de mais uma data comemorativa, o dia das mães. Neste ano de 2011 o dia das mães nos pegou quase que de surpresa, pois embora saibamos que a data é comemorada no segundo domingo de maio, estávamos todos pensando por volta do dia 12 ou 13 de maio, mas não!!! O dia das mães já é dia 08 de maio!!!
Estive meditando esta semana sobre o dia das mães e buscando na fonte (a Bíblia) compreender mais um pouco sobre este universo fabuloso, mas real, que é o universo das mães. Confesso que o que me motivou a ter esta meditação foi o fato de precisar escrever um artigo para o blog, uma vez que já sou mãe de duas filhas lindas e pensei já saber o bastante sobre o assunto. Puro engano caros leitores, nós nunca sabemos o bastante. A Palavra do Senhor é sempre viva, eficaz (Hb 4:12) e correta quando nos fala que "Lâmpada para os meus pés é Tua Palavra e luz para o meu caminho..."(Sl119:105), ela ilumina o horizonte de nossas mentes, nos surpreende e revela novos ensinamentos á cada palavra. Deus é tão generoso que nos permite aprender sempre mais e sobre todos os assuntos quando buscamos na Sua palavra. Encontrei uma passagem que já tinha lido anteriormente, mas que não havia me tocado da forma que me tocou desta vez, esta passagem me mostrou de forma ainda maior o que verdadeiramente é este amor materno, quase sobrenatural, que se assemelha ao amor de Deus.
 Em II Samuel 20:10 a Bíblia diz:

"Então Rispa, filha de Aiá, tomou um pano de cilício, e estendeu-lho sobre uma penha, desde o princípio da sega até que a água do céu caiu sobre eles; e não deixou as aves do céu pousar sobre eles de dia, nem os animais do campo de noite."

Rispa era uma das mulheres que teve filhos com Saul. Ela tivera dois filhos com ele. Agora, naquela circunstância, embora experimentasse frio, chuva e calor, ela estava ali junto aos cadáveres de seus filhos. Este é um quadro muito tocante e que nos retrata o amor de mãe. Os filhos estavam mortos, mas a mãe ainda cuidava deles. Ela não permitia que as aves e os animais selvagens devorassem seus corpos. Aquela cena tocou o coração do rei, que ficou totalmente quebrantado diante da atitude daquela mãe. Então, ele deu ordem para que aqueles corpos fossem sepultados junto com os ossos de Saul e do filho Jônatas, que também estavam insepultos até então.***

Quando li esta passagem me lembrei que os filhos de Rispa haviam sido mortos devido Saul ter quebrado o pacto feito entre o Senhor e os gibeonitas (através de Josué) de que nenhum daquele povo seria ferido, todos seriam poupados pelo Senhor e Saul foi e matou um gibeonita. Rispa, a mãe, não se envergonhou por este fato e expressou todo o seu amor e sua indignação se quebrantando diante de todo o povo e diante do rei Davi protegendo o corpo de seus filhos que não tinham recebido o direito de serem sepultados. Mesmo tendo os filhos mortos, Rispa ainda cuidava de seus corpos e enfrentava chuva, frio, feras e a escuridão, na esperança de vê-los sepultos dignamente como ela acreditava que eles mereciam.
A questão é: - Que amor é esse que rompe a barreira da morte e que se expõe sem medidas diante de um povo e diante de um rei? Este amor meus queridos, é o amor que vem de Deus, é o amor daquela que simplesmente foi escolhida para zelar da vida do homem, a mais bela criação do Senhor. É um amor que não tem medidas, acertos ou erros é apenas uma força maior que domina o coração de uma mulher. E quando se fala em amor de mãe não quer dizer que este amor seja restrito apenas as mães que sofreram dores de parto para parir os seus filhos, a princesa egípcia quando encontrou Moisés o amou e cuidou como príncipe mesmo não o tendo dado á luz.
Esse é o amor de mulheres que jejuam, vigiam e oram dia e noite pela libertação dos seus filhos da destruição das drogas e do álcool, pela conversão genuína daqueles filhos que ainda não conheceram á Jesus, pela cura de uma doença incurável, pela oportunidade de emprego para o filho desempregado, pela comunhão da família de seus filhos, pela libertação espiritual daqueles que estão possessos pelo inimigo. Esse é o amor presente nos joelhos que se dobram diante de Deus, nos rostos ao chão durante o clamor, nas mãos levantadas durante o louvor, nas ofertas depositadas no gasofilácio, nos gestos de compaixão e caridade, nas lágrimas derramadas no altar.
Não existem palavras suficientemente grandiosas para descrever o que é este amor que fez Rispa vigiar seus filhos mortos, que fez Joquebede deixar Moisés nas águas, que fez Ana entregar Samuel no templo, que fez a prostituta abrir mão de seu filho perante Salomão para que ele não fosse partido ao meio, que fez a mulher cananéia se humilhar diante de Jesus clamando pela libertação de sua filha, que fez Maria serena mesmo vendo seu filho crucificado.Amor este que se assemelha ao amor de Deus por nós, que é a maior expressão de amor que pode existir!
Muito mais que compreender o que é esse amor de mãe é preciso respeitar e honrar essas mulheres que não tem vergonha de se expor, de se humilhar para garantir a vida de seus filhos. Ela tem uma única preocupação: o filho. Ela paga o preço para ver o filho salvo, investe em oração e jejuns. Ela enfrenta o caminho por mais árduo que seja, porque confia no Senhor. Tudo para ver o filho bem, salvo e feliz.

Mães, demonstrem este sublime amor pelos seus filhos adorando ao Senhor, colocando seus filhos diante dele em oração, com súplica e ações de graças e seja perseverante. Certamente Deus lhe concederá a Salvação deles, pois a Bíblia diz: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo,tu e tua casa” (Atos 16.31).Faça como Rispa que não desistiu mesmo vendo seus filhos mortos, se seus filhos parecem mortos para o Senhor, não desista, pois este é o Deus que ressuscita os mortos, Ele ama você e também os seus filhos.

Fiquem na paz de Cristo e Feliz dia das mães!

Hérica Andrade
Profª da EBD
IPB SCR Pardo/SP

***( Trecho extraído do livro "Mães, fiéis guardadoras, Pr. Márcio Valadão, IB Lagoinha)

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Salvação

Salvação
Você aceitou o presente da liberdade de Deus?

Deus ama você. Ele nos ama muito, saiba que ele deu seu primeiro e “único Filho, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, (João 3.16 – NVI). A Bíblia diz em Romanos 3.23 que todos nós temos violado e frequentemente sofrido uma pequena queda da glória de Deus. Em outras palavras, todos nós perdemos a marca. Mas se nós iremos admitir que violamos e confessar nossos pecados, Deus é fiel e verdadeiro à Sua palavra e ele irá nos perdoar e nos lavar de todas as coisas erradas que fizemos (João 1.9.)

Se você nunca convidou Jesus para ser seu Senhor e Salvador, nós convidamos você para fazer isso agora. A Bíblia promete que quando você ora com o seu coração uma oração como a escrita aqui, você irá experimentar uma nova vida em Cristo. Simplesmente leia ela de voz alta e faça isso com o seu coração. Diga:

Pai, eu venho a Ti assim como sou. Não há nada que eu possa fazer para merecer salvação. Eu não posso trabalhar no meu caminho para um relacionamento com Você. A Bíblia diz que nós somos salvos pela graça através da fé como um presente vindo de Você. Eu confesso que tenho pecado contra Você e os outros. Eu peço à Você para me perdoar e me lavar com o sangue precioso de Jesus Cristo, Seu Filho. Eu acredito que Ele morreu por mim – Ele pegou meu pecado para Si mesmo e morreu na cruz por mim. Eu acredito que ele ressuscitou da morte, me dando o poder acima do inimigo. Jesus, eu peço a você para viver dentro de mim. Eu não entendo nada sobre ser um Cristão, mas eu Te convido para entrar na minha vida para me ajudar a aprender diariamente como irei viver. Obrigado, Pai, pelo Seu presente de restauração e vida eterna. Eu sou muito grata pelo Seu amor e misericórdia. Eu nome de Jesus. Amém.

Alguns textos na Bíblia que irão ajudar você neste momento de decisão:  João 3.16; Efésios 2.8-9; Romanos 10.9-10; I Coríntios 15.3-4; I João 1.9; 4.14-16; 5.1,12,13.

:: Por Joyce Meyer
Renomada autora de bestsellers pelo New York Times

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Confiantes na promessa de que Ele vêm!




O Senhor Jesus, sem dúvidas, é um Deus de compromissos. E o maior e mais sublime de todos eles, é o que está descrito em “[...] Eu vou, mas voltarei para ficar com vocês!” (Mateus 14:28). Nós sempre ouvimos os outros dizerem que Jesus vem, nós mesmos dizemos que Jesus está voltando, mas o real sentimento que deve existir dentro de nós, muitas vezes, não existe. São apenas palavras. Agora eu me pergunto: Do que adiantaria viver para Jesus apenas nesta vida? Qual seria o sentido de evangelizar os outros e ganhá-los para Jesus? Apenas para que eles digam “Eu O aceito” e pronto? É por causa disso que Jesus nos manda ir à todos os povos?
A questão é que a nossa maior esperança não tem sido renovada todos os dias. O motivo maior pelo qual queremos que os outros O aceitem, enquanto é tempo, não tem sido o grande destaque de nossas vidas. Temos vivido nossos dias, enfrentado nossas lutas e barreiras e não temos lembrado, muitas vezes, que aquilo que estamos passando não se compara com o que virá.
O “que era” do texto de Apocalipse 4 nos garante a base naquilo que acreditamos, pelo que Ele foi. O “que é” nos dá o conforto que precisamos, pois com isso sabemos que Ele não mudou, e ainda age livremente em nossas vidas. Mas o “e que há de vir” nos traz esperança, nos traz perseverança, nos faz esquecer daquilo que temos passado e vivido e nos mostra que há uma luz, Ele vêm! Ele vêm! Ele vêm! É essa a causa pela qual temos que nos esforçar para anunciar aos outros que precisam aceitá-Lo e reconhecê-Lo. Ele vêm! E vai querer levar com Ele aqueles que O foram fiéis, que sofreram por causa dEle, que O amaram, que O encarnaram, enfim, aqueles que decidiram crer que a promessa que Ele fez há milênios atrás ainda é viva.
Podemos estar enfrentando a diversidade que for, o sofrimento que for. Talvez não haja mais dinheiro para pagar as contas, talvez não haja mais motivação para O adorar, talvez não haja mais fogo para resistir à tudo o que o mundo está te oferecendo, mas lembre-se: a promessa continua a ecoar, viva, nos quatro cantos da terra: Ele vêm! Ele vêm! Ele vêm! E o importante não é saber o dia nem a hora, mas sim saber que nós seremos levados com Ele, a qualquer hora, em qualquer lugar. Pois assim como conhecemos o lado bom dessa vinda, sabemos também o lado mal que está reservado à todos os que não creram, não O aceitaram, não sofreram por Ele. Quando as tempestades vierem, tente se imaginar chegando na glória e, dando um abraço bem apertado em Jesus, você diz a Ele: “Pai, valeu a pena!”
“Eu penso que o que sofremos durante a nossa vida não pode ser comparado, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada no futuro.” Romanos 8:18
Portanto, ainda que a pior das circunstâncias venha nos atingir, venhamos crer que nada pode se comparar com aquilo que viveremos ao lado de Jesus na glória. Viveremos, todos, em harmonia, louvando junto com os antigos profetas e nomes da Bíblia Sagrada e o Senhor Jesus, eternamente. Ali não haverá choro nem dor, e perpetuamente estaremos face a face com o nosso Senhor. Eternamente!
Segure esta palavra, ela é eterna.
NEle, que, sem dúvidas, há de vir,

Tadeu Ribeiro.
tadeuribeiro@portaldt.com

sábado, 9 de abril de 2011

Tragédia em Realengo

Queridos, a Paz do Senhor!

Não tenho mais palavras pra identificar a dor que sinto diante o que aconteceu na escola em Realengo!É difícil pra mim que tenho duas filhas na idade das crianças que morreram e que trabalho com crianças na igreja, dá um sentimento de indignação e revolta, mas como cristãos temos que pedir á Deus que nos livre da ira e precisamos clamar nos pés do Senhor por sua misericórdia e por consolo.
Vou repassar o post do www.gracaepazkids.blogspot.com e em seguida um outro post do www.juberdonizete.blogspot.com com notícias e mensagens sobre o assunto.
No mais fica o pedido de oração por todas as famílias e amigos envolvidas nesta tragédia!


Tragédia de Realengo

Graça e PAz!

Desde a manhã do dia 07 de Abril está difícil até mesmo dar um bom dia aos irmãos pois a tragédia na escola de Realengo nos deixou aterrorizados. Não dá pra descrever a indignação que passa em meu coração neste momento, mas dá pra todos nós orarmos clamando á Deus o nosso Consolador que conforte as famílias que sofrem a morte de suas crianças, pelas crianças que ainda estão hospitalizadas e por todos aqueles que sobreviveram mas carregarão este momento na memória por toda sua vida. Distribuir o perdão não é uma tarefa fácil, pelo contrário é muito doloroso e difícil!!! O assassino destas crianças já não está entre nós e apenas o Senhor poderá julgá-lo por este ato inconsequente, nos resta orar pelos familiares deste rapaz e pedir á Deus que tome providência sobre suas vidas e que eles não sofram pelo erro de um familiar.
Peço aos irmão que orem e orem muito num clamor de misericórdia pelo nosso país, pedindo á Deus que não permita que o Brasil fique como os Estados Unidos e Europa onde esses acontecimentos são corriqueiros.Precisamos declarar o Brasil como sendo posse do Senhor Jesus e repreender os levantes do inimigo contra nossa nação.
Encontrei este blog http://ipcentralcamara.blogspot.com/ que é da Igreja Presbiteriana Central de Senador Camará que pertence ao mesmo sínodo da Igreja Presbitriana de Piraquara que fica ao lado do colégio onde aconteceu a chacina, estou reproduzindo o post como forma de ajudar os nosso irmãos que estão realmente sem saber o que fazer diante de um acontecimento tão horrendo...vamos orar com eles e por eles, Amém!


___________________________________________________________________________________

Sobre a tragédia na escola em Realengo - Estamos de Luto

Email da nossa irmã Damaris Botelho Celestino, presidente da Sinodal do Trabalho Feminino, para a Presidente Nacional do Trabalho Feminino, Ana Maria Prado, informando sobre a Tragédia na Escola Municipal Tasso de Oliveira. A irmã Damaris é também professora da rede municipal.

Damaris Botelho

para Ana, bcc: mim


Querida Presidente, boa noite!


ESTAMOS DE LUTO!
Como é do seu conhecimento, aliás, do conhecimento nacional e internacional, o Rio de Janeiro sofreu, esta manhã, uma tragédia. A escola onde tudo aconteceu fica ao lado de uma de nossas igrejas, do Sínodo Carioca. Estamos muito tristes. Há muitos feridos e alguns mortos, inclusive uma menina de 13 anos, a Larissa, da Igreja Presbiteriana da Piraquara-Realengo. Os pastores daquela igreja estão abrigando muitos e visitando os hospitais onde estão os feridos. Dos alunos atingidos que morreram há 10 meninas. Uma delas, a Larissa, faleceu, mas suas amiguinhas atingidas, que sobreviveram, estão com os rostos irreconhecíveis. O atirador invadiu a sala de aula, mandou as meninas, e somente as meninas, levantarem-se e atirou nos seios e na cabeça de cada. Cinco professores da escola, que são meus amigos de trabalho, infartaram. Ainda não tenho notícia deles nem da família da menina, que frequenta a igreja. Peço-lhe que ore em favor da família de Larissa, da IPB de Piraquara e dos pastores João Luiz, Elias e Carlos Coutinho, assim como por todas famílias enlutadas e por nossas igrejas do Sínodo Carioca.

Em oração, com muita fé e querendo mais de Cristo,
Damaris Botelho.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Menino evangélico foi o único a ser poupado por atirador em Realengo no Rio de Janeiro




Mateus Moraes, 13 anos, foi talvez o único aluno que teve a clemência do atirador Wellington Menezes, na Escola Municipal Tasso Vieira, em Realengo. Enquanto o criminoso disparava, frio e impassível contra seus colegas, Mateus orava perto do quadro negro, sem ser incomodado, na sala 1801, no primeiro andar do prédio da escola. Eu estava em pé e era um dos mais nervosos. Pedi para ele não me matar, e ele disse: ‘Fica tranqüilo que não vou te matar.’ E não atirou em mim”, contou o menino. Uma possível explicação, acredita Mateus, é o fato de que ele ficou o tempo todo orando. Fiel da Igreja Assembleia de Deus, o menino atribui a uma força superior o fato de ter saído vivo do ataque. “Deus me protegeu.” O atirador andava calmamente pela sala, disparando contra as crianças, principalmente na cabeça e no tórax. De acordo com a Polícia Militar, Wellington invadiu a instituição de ensino por volta das 8h e disparou contra alunos. A direção da escola informou que o homem – que era um ex-aluno – se passou por um palestrante para entrar na instituição de ensino. Ao chegar ao local, primeiro ele teria procurado uma professora que já tinha lhe dado aula no passado. Como não a encontrou, subiu para o primeiro andar, foi em duas salas do oitavo ano do Ensino Fundamental e efetuou disparos.


Fonte: Publicado originalmente no IG

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Mulher, uma jóia cintilante

“O seu valor muito excede ao de rubis.” (Provérbios 31:10b)
A mãe do rei Lemuel, mulher sábia, aconselhava seu filho sobre o tipo de mulher que é bela aos olhos de Deus. A lição que ela dá ao filho, enfatiza as muitas qualidades que uma mulher virtuosa tem e, agora, ela a compara a rubis, a pedras preciosas, a finas jóias dizendo:“O seu valor muito excede ao de rubis”.
O rubi é uma pedra de cor vermelha, muito preciosa. Os rubis grandes, por serem raros, são considerados mais valorosos do que diamantes com o mesmo peso. A mulher virtuosa é, realmente, de muitíssimo valor e muito rara. Você, como filha de Deus, não quer estar incluída no rol de “mulheres virtuosas? De mulheres cujos valores excedem ao de rubis?Na verdade, a vida em Israel, no tempo desta mulher, era difícil, árdua mas ela, para seu marido, para seus filhos, para seus servos... era uma jóia rara, um tesouro de muito valor.
Como Ser Bela
A minha responsabilidade como filha de Deus, como mulher virtuosa que desejo ser é “levar beleza à vida de meu marido e de meus filhos à medida que lutamos juntos para sobreviver.” Mesmo quando estiver passando por momentos difíceis de tristeza e de luta, devo iluminar o meu lar com a força e a graça que, pela fé, estou adquirindo de Deus, diariamente.Se desejo de todo o coração ser este rubi, esta fina jóia, então devo deixar o Deus que me criou, me lapidar, diariamente, para que o meu brilho se intensifique cada vez mais e eu possa iluminar tanto minha vida quanto a daqueles que me cercam – meu marido, meus filhos, meus pais, irmãos...
Para que eu seja uma mulher bela aos olhos de Deus, uma fina jóia, um rubi, tenho que estar atenta às seguintes sugestões:
Aperfeiçoe sua habilidadePreciso aprender e aumentar meu conhecimento sobre como dirigir melhor o meu lar. Cuide do lar – Saber cuidar do lar é um dom que todas nós deveríamos ter. Mas, se não o temos, devemos pedir a Deus que nos transforme para que possamos ter mais esta característica que é própria da mulher bela a Seus olhos.Hoje em dia, saber cuidar do lar é coisa rara entre as mulheres que estão mais preocupadas em trabalhar fora e esquecem da sua função de dona de casa, de mãe e de esposa.
Administre o dinheiro A mulher virtuosa, a que é bela aos olhos de Deus, a que é mais preciosa que o rubi, é, também, parcimoniosa, econômica. Ela sabe pagar contas (e as paga em dia, evitando multas), é séria com seus compromissos financeiros.
Administre o tempo Em Efésios 5:16 o Senhor nos diz que devemos remir o tempo.“Administrar o tempo diligentemente é a chave para dirigir o lar (e a vida!) com tranqüilidade.”Que tal planejarmos, diariamente, o que vamos fazer? Se você não sabe planejar o seu dia, então, procure ler livros sobre o assunto ou converse com mulheres que são eficazes nesta área.
Desenvolva habilidade emocional A mulher sábia tem auto-controle. E, para que eu alcance este alvo de me tornar uma mulher bela aos olhos de Deus, tenho que tratar as pessoas que estão, ou não, em contato diário comigo, com amabilidade, doçura e respeito.A mulher rixosa, sem auto-controle, mal-humorada é para o marido“como podridão nos seus ossos” (Provérbios 12:4). E, também, para ele “é melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira uma mulher briguenta.” (Provérbios21:9).Que tal eu e você, agora, fazermos uma auto-análise e vermos se somos, ou não, este tipo de mulher? Se descobrirmos (se é que já não sabemos!) que, realmente, somos esta mulher nada agradável (Deus pode; através da Palavra ou dando a você certeza em seu coração) devemos orar ao Senhor, agora, sem perda de tempo, para que Ele mude esta nossa índole, mude o nosso caráter:
Domine a arte de ser tolerante Somente com a ajuda de Deus é que posso dominar esta característica que deve fazer parte da vida da mulher virtuosa – esta que eu quero ser.Realmente, ser uma mulher tolerante é ser resignada, é ser como um soldado quando está marchando que, mesmo com dificuldades na jornada, continua marchando.A Palavra de Deus diz: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13).Que bom saber que posso enfrentar mais um desafio com a força que Cristo me dá!
Domine o seu temperamento Muitas de nós possuem um “pavio curto”, não têm auto-controle, são “cabeças-quentes”. Mulheres belas aos olhos de Deus com estas características? Com certeza, esta é uma área muito difícil de ser mudada, mas não impossível! Graças a Deus Provérbios 21 nos diz: “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o seu querer.” Nós não somos o rei mas somos filhas do Rei e nosso coração também está nas mãos do Senhor que poderá mudá-lo.Quando se refere a temperamento, a Palavra de Deus nos diz o seguinte sobre a mulher que é forte:“.
Ela tem ânimo sereno (Provérbios 14:30)..
Ela sabe como esperar (Provérbios 19:2)..
Ela não discute (Provérbios 19:11)..
Ela tem domínio próprio (Provérbios 25:28).”
Aos nossos olhos, a mulher com todas estas características é realmente um sonho mas um sonho que é possível de ser alcançado. E esta nossa maneira de pensar está errada, pois Deus, com certeza, irá nos ajudar se colocarmos em nossos corações o desejo de mudar. Trabalhemos “dia após dia, incidente após incidente, desafio após desafio, durante a vida toda para incutir em nós a divina beleza, um reflexo de Sua imagem.
Domine sua língua Eu e você desejamos, do fundo do nosso coração, nos tornar belas aos olhos de Deus. Mas como nos tornarmos essa mulher se não controlamos a nossa língua, se não somos sábias para dominá-la?
Se seguirmos de todo o coração e de toda a nossa vontade os conselhos que o Senhor nos dá no livro de Provérbios, seremos capazes de atingir o nosso alvo. Especificamente, o que precisamos fazer?“.
Falar menos (Provérbios 10:19) [Isto é, realmente, difícil, não é?].
Falar só depois de meditarmos sobre o que vamos dizer (Provérbios 15:28).[Outra coisa também muito difícil!]. Falar só o que é doce e agradável (Provérbios 16:21 e 24).[Com a ajuda do Senhor vamos conseguir!]. Falar só o que é bom e sábio (Provérbios 31:26).”
Um Convite à Beleza
Querida irmã, você quer ser realmente bela aos olhos de Deus, quer ser este rubi raro, mais precioso que o diamante? Então, coloque todo o seu ser, todo o seu coração nas mãos do Senhor que é o Lapidador de nossas vidas.Deixemos que Ele trabalhe e lapide cada pedaço nosso. Deixemos que Ele tire de nós todos os defeitos para que possamos brilhar tendo todas as nossas habilidades aperfeiçoadas, nossa estabilidade emocional controlada.Confiemos no Senhor e coloquemos diante d’Ele: nossos defeitos, nossa ansiedade em não sucumbir diante de problemas, para que brilhemos cada dia mais como uma jóia fina, e que o nosso valor exceda ao de raros rubis.
(Estudo parcialmente baseado no livro "Bela Aos Olhos de Deus" de Elizabeth George)

quinta-feira, 31 de março de 2011

A mulher invisível

A Mulher Invisivel..hoje não vou falar sobre um filme brasileiro que tem esse título. Mas sim, de uma historia bíblica com varias lições para a nossa vida.

Quero convida-la a estudarmos juntas Genesis 29.1. Mas quero hoje não escrever sobre a Raquel, mas sim, sobre LIA.

A história de Lia, esposa de Jacó, me chamou muito a atenção nesses últimos dias.Eu nunca tinha atentado muito para a história de Lia. A primeira informação que a Bíblia nos dá é que ela era feia, estrábica e “encalhada”.

A história conta que, por amor a Raquel, Jacó trabalhou para Labão, pai de Raquel e Lia durante sete anos, para ter direito a se casar com a mulher que tanto desejava. Só que Labão, preocupado com a falta de marido de Lia, acabou enganando o seu genro e, na festa de casamento, entregou Lia no lugar de Raquel. (Esse tipo de troca era possível porque, na tradição judaica, a noiva ficava coberta por um véu até a hora da primeira relação sexual, que geralmente acontecia no escuro).

Só no dia seguinte é que Jacó percebeu que tinha trabalhado sete anos por Lia, uma mulher que ele não amava. A Bíblia continua dizendo que Jacó fez um acordo com Labão, de forma que, na semana seguinte, ele recebeu Raquel por esposa, em troca de mais sete anos de trabalho nos rebanhos do seu sogro.

Lia é uma personagem bíblica que sintetiza muito bem a idéia de uma pessoa ferida pelas circunstâncias da vida, insegura, rejeitada pelos outros, infeliz no seu casamento, sem poder de fala, usada como objeto para satisfazer as vaidades dos outros, uma pessoa mal-sucedida aos olhos dos homens.

Lia se sentiu usada por seu pai, que a “vendeu”,Lia se sentia feia,Lia se casou com um homem que não a amava. Vida dificil!

Lia é o tipo de mulher que teria todos os motivos do mundo para questionar o porquê de Deus tê-la feito viver uma vida cheia de tantas feridas. Teria também todos os motivos para se transformar em uma mulher amargurada, mas lá em Gênesis 29:31-30:26 nós lemos que ela vivia dando glórias a Deus, mesmo vivendo uma vida tão difícil.

Mas há uma boa notícia: Lia passou anos sendo invisível para Jacó, mas ela não era invisível para Deus. E nem você! O inimigo pode ter colocado você de lado, empurrado você para trás e jogado você no chão. Mas Deus lhe deu dons, e quando eles vierem à tona mudarão sua vida. Então, fale com Ele. Deixe que ele lhe mostre o tesouro que há dentro de você.

Mas a Bíblia diz que a irmã de Raquel, Lia, cujo nome significa ‘gazela’, era delgada e “tinha olhos meigos” (ou sem brilho). Há uma versão que diz: “Lia tinha olhos meigos, mas Raquel era bonita e atraente.” Gênesis 29:17. O fato é que, embora as pessoas possam julgá- lo por sua aparência, Deus nunca age desta forma. Ele sabia que o tesouro Raquel estava no exterior, enquanto o de Lia no seu interior.

A honra de Deus
Aprenda isto: antes do início do mundo, Deus o escolheu para um determinado propósito. Embora seu marido Jacó não a notasse, Lia já tinha um grande papel no plano de Deus. A Bíblia diz, “Vendo o Senhor que Lia era desprezada, fê-la fecunda; ao passo que raquel era estéril” (Gn 29:31 ARA). Deus abençoou lia de tal maneira que seus filhos foram fundadores de seis tribos das 12 de Israel! Nada mal para uma “perdedora”!

Deus honrou Lia! O texto diz que o Senhor viu que Lia era desprezada e deu-lhe o dom da fertilidade, ao passo que Raquel era estéril. Mesmo diminuída pelo marido, ela era engrandecida por Deus dentro da sua casa a cada vez que tinha um filho: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Isaacar, Zebulom e Diná. O nome de cada um desses filhos é uma expressão de louvor de Lia pela fidelidade de Deus a uma mulher que mesmo desprezada escolheu amar ao Senhor e adorá-lo independentemente das circunstâncias da vida. Lia é uma das mulheres inesperadas que o Senhor escolheu para cumprir o plano de trazer o Messias ao mundo.
Assim como Deus fez com Lia, Ele também têm te honrado, mesmo diante de uma história que não foi a que você imaginava. Você consegue detectar essa honra de Deus na sua vida? Consegue ver algum dom, uma característica sua que de alguma maneira te faz um um destaque? Pois tenha consciências que nas grandes e nas pequenas situações o Senhor têm te honrado diante dos homens que te desprezam, e vai continuar te presenteando das maneiras mais lindas e grandiosas durante a sua vida.

Antes de Lia ser filha de Labão, irmã de Raquel ou mulher de Jacó, ela era uma idéia de Deus e Ele nunca tem uma má idéia! Antes do início dos tempos, a identidade de Lia havia sido determinada por Ele. E a sua também. Ele a “conhece pelo nome e de você tem se agradado” (Veja Êxodo 33:12).

Hoje Deus colocou algo dentro de você que ele quer fazer brotar. A Bíblia diz que tudo que Deus faz é “muito bom” (Gn 1:31), e já é tempo de você olhar para si mesmo desse modo também! Deus o conhece, e Ele quer mudar a sua auto-imagem para que os outros possam apreciar os dons e qualidades que são só seus.

Você está pronta a deixar que ele faça isso?

terça-feira, 29 de março de 2011

Negando tudo aquilo que desagrada á Deus

“Então Nabucodonosor disse: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-nego, porque Ele mandou o seu anjo para salvar seus servos fieis, que não quiseram obedecer às ordens do rei e preferiram morrer a adorar outro deus!” Daniel 3:28

Quantas vezes somos tentados a escolher entre Deus e qualquer outra coisa que gostamos ou que “deveríamos” fazer? Pois é, e nisso, muitas vezes ficamos perdidos: Com quem ficar?

Sadraque, Mesaque e Abede-nego escolheram ficar com Deus. O rei Nabucodonosor baixou um decreto ordenando que todos do reino deveriam, ao som de uma música, se curvar totalmente perante uma imagem de ouro que ele havia construído. Todos, todos mesmo, se curvavam e obedeciam o rei, exceto três judeus – Sadraque, Mesaque e Abede-nego – que, tementemente, serviam a Deus de todo o coração. Ao saber que eles não estavam adorando ao seu deus de ouro, o rei mandou chamá-los a fim de acabar de vez com aquilo. Ao chegarem na sala do trono do rei, os três foram indagados por ele: “É verdade? [...]” (Daniel 3:14); Sem que eles lhe respondesse, o rei, certo de que eles obedeceriam, decidiu dar outra chance a eles, caso contrário seriam jogados na fornalha de fogo (Daniel 3:15).

Com respeito e autoriade, os três judeus responderam ao rei que não iriam obedecer ao seu decreto, pois eles iriam se manter fieis ao seu Deus, em quem eles confiavam (Daniel 3: 16). Ao ouvir isso, o rei mandou esquentar a fornalha de fogo sete vezes mais que o normal para jogar os três judeus. Após ordenar que jogassem eles na fornalha, observou com espanto: “Eu estou vendo quatro homens, soltos, andando pelo fogo. E nem se queimaram com as chamas!” (Daniel 3:25). Passado isso, Sadraque, Mesaque e Abede-nego saíram da fornalha sem nenhuma queimadura no corpo ou nas roupas, sequer cheiro de fumaça tinham. E o rei, vendo tudo aquilo, ordenou que todos deveriam respeitar o rei deles, pois “[...] nenhum outro Deus pode fazer o que Ele faz.” (Daniel 3: 29).
Esses três herois, podemos assim dizer, não se curvaram diante de uma obrigação que os fazia negar o Senhor. A ordem era clara, todos deviam se curvar, todos. Mas se curvar diante daquilo demonstrava algo mais para aqueles três homens, pois seria negar seu Deus, em quem eles confiavam e tanto amavam. Volto à pergunta inicial: Quantas vezes não somos colocados contra a parede diante de algo que deveríamos fazer, como, por exemplo, se drogar, já que todos estão fazendo isso na turminha, levar uma garota pra cama, já que ela está me dando bola e eu não posso desafiar minha masculinidade, enfim, são tantas “obrigações” dispensáveis que nos fazem decidir entre ficar com o que acreditamos, no que amamos, para ficar com aquilo que os outros acham que é certo, que a nossa vida acaba passando a ser feita só por escolhas.

Mas o mais importante de tudo isso é saber escolher bem nessas escolhas. O rei deu outra oportunidade aos homens de se redimirem adorando ao deus de ouro, mas eles continuaram com uma palavra firme, não falharam em momento algum, mas apenas confiaram em todo o tempo no Deus que criam. Ser pulso firme diante dos problemas é um segredo pra vencê-los. “Eu não vou me curvar diante disso”, “Eu não aceito essa enfermidade em minha vida”, “Eu não irei morrer com isso em minha vida”, “Eu não, eu não, eu não.” Mesmo que as consequências sejam temerosas e custem, até mesmo, a sua vida, escolher obedecer ao Senhor e dizer um não a tudo o que Ele abomina sempre é a melhor saída.

Se dizemos que temos um Deus de provisão, podemos confiar que Ele sempre nos ajudará, principalmente nos momentos difíceis que passamos em consequência de tê-Lo amado. Sadraque, Mesaque e Abede-nego disseram ao rei que se Deus quisesse poderia salvá-los, e mesmo que Ele não quisesse, eles não se curvariam, e Deus, vendo isso, os salvou de tudo aquilo. Quando demonstramos confiança em Deus, Ele responde com providência, e nos faz caminhar mais alto que os nossos problemas e adversidades.

Quando Jesus escolheu morrer por você Ele foi até o fim. Não desista por Ele, não desista por você. Diga não ao mundo, olhe pro Alto, Deus está contemplando suas ações.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Vitória Sobre o Desânimo

Foto: D. Sharon Pruitt




Em nossa época há inúmeras coisas que podem nos levar ao desânimo. A situação se agrava quando se acrescentam os problemas pessoais.
Mas Jesus é maior que tudo! Ele nos ama e jamais permitirá que as provações sejam superiores ao que podemos suportar: "Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar" (1 Co 10.13). Como discípulos de Jesus, é importante que aprendamos a assumir uma posição interior oposta às dificuldades logo que elas aparecerem, e não deixemos que elas tomem conta de nós.
Como podemos fazer isso? Levantando bem alto o escudo da fé! Quero acentuar que isso deve ser feito "imediatamente". Em outras palavras: agradeça logo ao Senhor por estar absolutamente protegido e seguro nEle. Se Jesus Cristo tornou-se nosso Salvador e Senhor pessoal, então a cada hora, a cada minuto, estamos seguros e protegidos de verdade. Assim, lemos em Colossenses 3.3: "...porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus." Não restam dúvidas nem incertezas!
O profeta Isaías, inspirado pelo Espírito Santo, diz a mesma coisa quando nos apresenta um quadro maravilhoso, para servir de ilustração a essa verdade tão importante: "Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim" (Is 49.15-16). Deus estava em Cristo e nos reconciliou consigo mesmo. Isso aconteceu na cruz do Calvário, onde literalmente fomos gravados nas palmas de Suas mãos! E este mesmo Deus maravilhoso tem nossos "muros" continuamente diante de Si! Ele sabe das nossas limitações, das nossas mudanças de humor e das nossas falhas! Ele conhece nossas ansiedades e angústias. E através de Sua Palavra Ele nos anima, dizendo: "Eu fiz tudo por você porque o amo. Confie em mim! Não fique olhando apavorado ao seu redor – levante seus olhos para mim! Eu sou o Autor e o Consumador de sua fé!"
Segure novamente as mãos traspassadas de Jesus: numa decisão cheia de fé, lance todas as suas angústias sobre Ele, que se preocupa com você e cuida de você: "lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós" (1 Pe 5.7)

(Por: Elsbeth Vetsch)

segunda-feira, 21 de março de 2011

A Comunidade Evangélica Vida Abundante - CEVA.

Graça e Paz meus amados!
Encontrei este post no blog da UBE e precisava compartilhar com todos vocês e mais uma vez pedir orações por nossos irmãos japoneses que estão sofrendo com tantos acontecimentos catastróficos nos ultimos dias. Não podemos esquecer de clamar pela vida de nossos irmãos brasileiros que tem sofrido com as enchentes e desmoronamentos dos últimos tempos. Se nõa podemos ir até lá pra ajudar podemos orar e aquecer seus corações enchendo-os de esperança para recomeçar.
 
Hérica Andrade

A Comunidade Evangélica Vida Abundante

Gostaria de citar hoje a ação dessa igreja aqui no Japão. Ela é liderada pelo pastor Vitor. Desde os primeiros dias, após o terremoto, este ministério arrecada alimentos não-perecíveis, lanternas e cobertores para os desabrigados. Entrega os donativos junto com panfletos evangelísticos objetivando alcançar as almas que se encontram em abrigos. Existe intenção de nova remessa semelhante para a semana que vem. O Pastor Vitor também organiza cultos específicos de intercessão pelas pessoas que perderam tudo, pelas ameaças de novos terremotos de grande magnitude e também para que toda a situação da usina em Fukushima se resolva sem que haja mais vítimas.

A CEVA está situada em Makinohara-shi na província de Shizuoka. Contato por email: cevajapao@hotmail.com A página da igreja na Internet: http://www.ceva-japao.org/

sábado, 19 de março de 2011

FIRME COMO UMA CORÇA

5131 jelen 300x200 Firme Como Uma Corça

“O Senhor Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro.” Habacuque 3:19

Às vezes em nossas vidas, nos deparamos com situações embaraçosas, que jamais imaginávamos passar, e com isso as nossas forças se acabam, a nossa coragem e perseverança parecem que vai “descendo pelo ralo”. Nós procuramos, buscamos mas não encontramos fortaleza. Talvez o que falte para a solução de tudo isso é um acordar espiritual. Se temos uma mensagem como essa de Habacuque, onde ele diz que Deus é a nossa força, devemos ter a certeza e convicção disso.
Deus sempre tem cuidado de nós (1 Pedro 5:7), sempre tem sido fiel e nunca tem nos desamparado. Existem lutas que nos fazem submergir no mar das tribulações e preocupações, mas em meio a toda essa tempestade, Deus nos garante que quando a tempestade estiver forte, e que o mar estiver agitado, querendo nos engolir vivos, Ele nos levará para as montanhas, onde estaremos despreocupados, seguros de toda maldade e corrupção do mundo. Confiar em meio às preocupações e desilusões é muito difícil, e além de tudo, é preciso ter amor pelo Senhor para realizar tal coisa.
Tropeçar e até cair, são ações comuns na vida de um cristão. Se nunca tropeçamos é porque algo está errado, se sempre tropeçamos é porque algo também está errado. Mas em meio a tudo isso, Deus nos firma, e o nosso andar é sempre corrigido pelo Senhor. Ele não nos permite cair, e mesmo que isso aconteça, ele nos dá a força necessária para levantar-nos; Pois a nossa esperança está firmada em uma rocha inabalável, e que nos torna também seres inabaláveis, tudo isso pela força do seu poder (Salmos 125:1).
Como já foi dito, nós procuramos saídas onde não tem, buscamos caminhos que não são os certos de se seguir, tentamos achar finais que nos levem ao término de todo o nosso sofrimento; Mas devemos confiar apenas e exclusivamente no Senhor, no seu poder, ninguém está acima d’Ele, ninguém é capaz de conter sua mão. Se confiarmos, e não desprezarmos este amor e este cuidado, receberemos proteção e bênçãos sem medidas, das quais jamais poderíamos imaginar. Mas, se continuarmos a buscar em outras coisas a saída para os nossos problemas não iremos conseguir nada, pois não podemos extrair alguma coisa do NADA.
Podemos mencionar a música do 12º CD do Diante do Trono, quando diz: “Perdão Senhor, por tantas vezes procurar em vão aquilo que só encontro em ti.” Nós só encontramos a paz e a proteção para as nossas vidas se estivermos andando com Deus; Podemos buscar, mas não iremos encontrar outro como o nosso Deus. Não se engane! Não viva sua vida atrás de uma esperança falsa, isso é perda de tempo! Siga Jesus, Ele nunca te deixará desamparado, Ele nunca te deixará na mão, e você encontrará n’Ele abrigo sempre que precisar de ajuda (Hebreus 4:16).

quinta-feira, 17 de março de 2011

Marcha para Jesus 2011

Marcha para Jesus 2011 300x212 Marcha Para Jesus Em São Paulo Acontecerá dia 23 de Junho A 19º edição da Marcha para Jesus em São Paulo acontecerá no dia 23 de junho e fará o mesmo trajeto do ano passado, com saída ás 10h do Metrô Tiradentes rumo a concentração no Campo de Marte.
O evento é organizado pela Igreja Renascer em Cristo que transformou essa concentração de pessoas no maior evento ao ar livre do mundo, juntando mais de 3 milhões de pessoas nos últimos anos.
A Renascer já anunciou as bandas que se apresentarão no palco da Marcha 2011: Cassiane, André Valadão, Davi Sacer, Thalles Roberto, Lázaro, Mariana Valadão, Fernanda Brum, Kleber Lucas, Apocalipse 16, Renascer Praise, Katsbarnea e Dj Alpiste.
A Marcha para Jesus entrou para o calendário oficial do Brasil em 2009 com a assinatura do presidente Lula, que sancionou a Lei que instituiu o Dia Nacional da Marcha para Jesus, um projeto do senador Marcelo Crivela. Com essa lei ficou decidido que o evento acontecerá no primeiro sábado subseqüente aos 60 (sessenta) dias após o Domingo de Páscoa.

quarta-feira, 16 de março de 2011

A Páscoa está chegando, é momento de introspecção e intimidade com Deus


Por que separar 40 dias de consagração?

Nossa vida é marcada por estações. Até mesmo na natureza vemos esses períodos distintos. Parece que Deus, sabendo que somos necessitados de marcas, alvos, períodos de tempo determinados, fez o dia durar apenas 24 horas, para que sempre tivéssemos a chance de recomeçar. Por isso, gosto muito de marcar períodos especiais de consagração da minha vida a Deus. Essa prática tem me ajudado na minha jornada espiritual.
40 dias foi o período de tempo que Jesus separou para estar a sós com o Pai no deserto. Ali, foi tentado pelo diabo e venceu, no poder da Palavra que habitava ricamente em Seu coração. E foi depois destes 40 dias que o Senhor iniciou Seu ministério público, e a glória do Pai Se manifestava através dEle. A prática do jejum deve fazer parte da vida cristão, pois o Senhor disse “e quando orardes” e “quando jejuardes” Mt6. Ninguém questiona se a oração deve fazer parte da nossa vida, mas, infelizmente, muitos cristãos jamais experimentaram jejuar. Falando sobre o poder que há no jejum, Jesus repreendeu seus discípulos, que não conseguiram libertar uma pessoa advertindo-os: “esta casta só sai com jejum e oração” Mt17:21.
Para nós, cristãos espalhados pelo mundo inteiro, os 40 dias que antecedem a celebração da Páscoa, se tornaram um período especialmente separado para uma consagração mais profunda da vida a Deus. Assim como Jesus fez, é um tempo de confronto conosco mesmos, com nosso coração, e com nosso adversário. Assim como Jesus venceu, deveremos estar enchendo-nos com a Palavra de Deus para prevalecer. Ao final deste tempo também teremos mais da gloriosa presença do Pai Se manifestando através das nossas vidas.
O jejum pode ser de vários tipos, mas deve ser sempre acompanhado de oração e da Palavra de Deus, senão, será apenas uma dieta. Cada pessoa precisa decidir diante de Deus como vai jejuar. Há o jejum total, que exige a diminuição das atividades, e seria ideal em um retiro, como Jesus fez. Há o jejum líquido, em que a pessoa só se alimenta de sucos, sopas batidas. Há o jejum de delícias, em que a pessoa tira do cardápio algumas coisas que gosta, a fim de dominar sua vontade e fortalecer o homem interior, que tem fome de Deus. O “jejum de Daniel” é um exemplo bíblico assim, pois ele comeu apenas legumes, verduras e frutas. Tem gente que elimina uma das refeições, que jejua durante o dia entregando o jejum à noite.
Alguns benefícios serão:
-Intensificação das tentações, provando você, até que enfim haja vitória nessas áreas;
-Mais poder espiritual, quebrando cadeias em sua vida e na vida de outros por quem orar/ liberação de bênçãos antes retidas sobre sua vida e de outros ao seu redor/ situações resolvidas antes sem solução/ relacionamentos curados através do quebrantamento trazido pelo jejum e quebra dos poderes das trevas
-Mente mais limpa, aguçada, tanto para o raciocínio, estudo, tomada de decisões, quanto para o discernimento espiritual/ sensibilidade espiritual/ facilidade para ouvir Deus;
-Bem estar físico, emocional e espiritual;
Enfim, há inúmeras maneiras de jejuar. Decida por um jejum que você consiga cumprir, até o fim dos 40 dias, e verá os benefícios desta prática espiritual tão importante em sua vida! Ao final, na Páscoa, celebraremos a vitória do Senhor Jesus ressurreto!

segunda-feira, 14 de março de 2011

O JAPÃO CLAMA POR SOCORRO...OREMOS AO SENHOR PEDINDO SOCORRO E CONSOLO ÁS NAÇÕES

Número de mortos por terremoto no Japão se aproxima de 1,6 mil

Google habilita aplicativo para localizar pessoas no Japão pela internet
Google habilita aplicativo para localizar pessoas no Japão pela internet
Tóquio, 14 mar (EFE).- As autoridades do Japão elevaram neste domingo para quase 1,6 mil o número de mortos pelo terremoto e pelo tsunami de sexta-feira, enquanto mais de 10 mil pessoas continuam desaparecidas.
Nas últimas horas, 643 mortes foram confirmadas na província de Miyagi, a mais devastada pelo terremoto no nordeste do país, o que elevou para 1.596 o número de vítimas, segundo a televisão "NHK".
Algumas cidades litorâneas tiveram praticamente todos seus edifícios destruídos.
Em algumas áreas urbanas, como a cidade de Sendai, as equipes de resgate continuam encontrando corpos e os trabalhos se tornam difíceis pelas constantes réplicas do tremor e pela destruição causada pelo terremoto de 9 graus de magnitude na escala Richter que atingiu o país na sexta-feira.
As autoridades locais também buscam mais de mil moradores dos quais não se tem notícias desde sexta-feira na província de Fukushima, onde existe o risco de uma contaminação radioativa por causa de um escapamento de vapor em uma usina nuclear.
Quase 400 mil habitantes foram retirados da região e 100 mil militares e socorristas de 70 países trabalham para levar ajuda à população.
O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, qualificou o desastre como o pior que o país viveu desde a Segunda Guerra Mundial.
Ele anunciou que o Governo autorizará duas companhias elétricas a efetuar a partir da manhã desta segunda-feira (horário local) cortes de luz para garantir a provisão nas áreas afetadas.
Essas interrupções do serviço paralisarão parte da economia, sobretudo a indústria automobilística.
A Agência Meteorológica do Japão revelou no domingo à noite (horário local) que há 70% de chance de ocorrerem réplicas do terremoto de até 7 graus na escala Richter nos próximos três dias, e várias embaixadas recomendaram a seus cidadãos que não viajem ao país.

sexta-feira, 11 de março de 2011

OREMOS PELA PAZ NAS NAÇÕES

Milhares de egípcios cristãos e muçulmanos protestam na praça Tahir

Milhares de egípcios cristãos e muçulmanos protestam na praça Tahir

Milhares de egípcios cristãos e muçulmanos protestam na praça Tahir
Cairo, 11 mar (EFE).- Milhares de egípcios cristãos e muçulmanos compareceram nesta sexta-feira à praça Tahrir, no Cairo, para rezar e pedir a convivência pacífica entre ambas as religiões, em uma concentração menor que em outras ocasiões.
Os enfrentamentos dos últimos dias entre cristãos coptas e muçulmanos levaram nesta sexta-feira cerca de cinco mil egípcios a pedir a unidade entre as duas religiões em uma oração conjunta na praça Tahrir, símbolo dos protestos contra o regime de Hosni Mubarak.
O protesto transcorreu de forma pacífica ao longo da manhã e não houve confrontos entre os manifestantes, que gritaram frases como "Os cristãos e os muçulmanos dão as mãos" e seguraram cruzes de madeira e livros do Corão.
"O povo egípcio tem que ser um só, tem que estar unido", disse à Agência Efe o estudante mulçumano Haisam Agis, quem foi à praça Tahrir mostrar seu apoio aos "irmãos cristãos" e condenar os atos de violência dos últimos dias, nos quais pelo menos 13 pessoas morreram.
Por sua vez, a manifestante cristã Susan Atala declarou: "Temos que viver juntos porque o Egito é formado por cristãos e também por muçulmanos".
Segundo Atala, após a queda de Mubarak, "o Exército não está fazendo o suficiente" para proteger os cristãos coptas.
"Se o Exército fizesse algo, tudo seria melhor", disse ela, quem assegurou ter esperanças de que em um Egito democrático os coptas não serão discriminados como durante o regime de Mubarak.
Alguns dos manifestantes afirmaram que os choques entre cristãos e muçulmanos dos últimos dias são uma tentativa dos partidários do ex-presidente de prejudicar o processo de transição do país.
"É uma conspiração que surge das cinzas do regime para destroçar a revolução, para estragar nossa vitória", disse, por sua vez, o manifestante Muataz Gamin.


"E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do SENHOR no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações."  (Isaías 2 : 2)

É uma situação perturbadora a que os egípcios tem vivido nos últimos tempos, nós como cristão temos por obrigação orar pelas nações que ainda não conhecem o Senhor e clamar pela misericórdia do Pai para com eles.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Ainda não compreendestes???Ele tem poder!

A Paz de Cristo amados!!! 

Ao ler este artigo confesso que me senti frustrada em perceber que já sofri de aminésia espiritual e quantas vezes já me peguei questionando ao Senhor quando o auxílio chegará, quando na verdade deveria estar agradecendo á Ele por todos os auxílios que ja tenha me enviado...A gratidão ao Senhor é a garantia de estarmos sempre na Tua presença pois é sombra do Onipotente que descasamos...afinal, é Ele quem nos fortalece!


“Ora, aconteceu que eles se esqueceram de levar pães e, no barco, não tinham consigo senão um só.”

Marcos 8:14.


Um dos maiores problemas da vida de um cristão é, sem dúvidas, a aminésia espiritual, que faz com que esqueçamos aquilo que Deus já fez por nós, reafirmando o que Ele poderá ainda fazer.
Nesta passagem de Marcos, Jesus alertou os discípulos sobre o “fermento” dos fariseus e dos saduceus (v.15), alertando-os a terem cuidado com isso. Os discípulos não entenderam a mensagem que Jesus quis passar, pois na verdade Jesus estava falando sobre os ensinamentos desses dois povos, mas os discípulos entenderam que Ele estava dizendo aquilo porque eles haviam levado consigo para a viajem apenas um pão.
“Jesus, percebendo-o, lhe perguntou: Por que discorreis sobre o não terdes pão? Ainda não considerastes, nem compreendestes? Tendes o coração endurecido?” (8:17). Jesus se preocupou com a incredulidade e o esquecimento que os discípulos expressavam com aquela aflição pela falta de pão no barco. Eles não tinham motivos para isso, afinal, estavam com o Homem que com cinco pães deu de comer à uma multidão de mais de cinco mil pessoas: “[...] Não vos lembrais de quando parti cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Doze! E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Sete!” (8:18-20)
Quantas vezes nós não nos posicionamos como os discípulos se posicionaram, e acabamos esquecendo do que Deus já fez por nós, garantindo assim que Ele ainda pode fazer muito mais por nós. Ele, anos atrás, nos curou de algo incurável, mas hoje se vamos fazer um exame já pensamos que estamos com todos os tipos de doenças. Deus já nos livrou de grandes apertos financeiros, abriu portas onde nem haviam paredes, mas hoje nos preocupamos por que não temos o dinheiro para dar o dízimo do mês. Jesus nos auxiliou quando o nosso cônjuge ameaçou sair de casa, mas quando vêm uma crise no nosso casamento já pensamos que será o fim da relação.
Não temos parado para observar, muitas vezes, Deus agindo em nosso favor em pequenas coisas, pequenas mesmo. E até mesmo as coisas grandiosas que Ele faz por nós, ficam remoendo em nossas mentes por algumas semanas apenas. Com essa “aminésia espiritual” vamos levando a vida em uma sombra de medo por tudo o que pode nos atingir, mesmo que na teoria dizemos ter um Deus que tudo pode. Deus tem poder, e este poder Ele faz questão de usar em nossas vidas, ao nosso favor. Ele não tem poder só pra dizer que tem, Ele quer usá-lo em sua vida, basta você dar lugar para Ele operar.
Nunca se esqueça de tudo o que Ele fez por você, pois isso é uma garantia de que coisas grandiosas Ele ainda fará. Os discípulos viram Jesus multiplicar cinco pães em cinco mil! Mas mesmo assim vieram, posteriormente, se preocupar com comida. “Ao que lhe disse Jesus: Não compreendeis ainda?” (v.21)
E você? Não compreendestes ainda? Estamos com o Todo-Poderoso, o Senhor dos Exércitos, que era, É e há de vir. Não há o que temer, se Ele vai na frente por nós, tudo podemos, afinal, é Ele quem nos fortalece.
“O Senhor é a minha luz e a minha salvação, a quem temerei? Não temerei!” Salmo 27:1
NEle, que tem poder e o usa em nós,

Homenagem ás mulheres

Oração da Mulher Cristã
Senhor, dá-me de Raquel a arte de fazer-me amar.
Dá-me de Joquebede o espírito de sacrifício e renúncia.
Dá-me de Débora, a solidariedade e o estímulo.
De Rute, dá-me a dedicação e a bondade.
De Ana, dá-me a fé a fibra para cumprir o voto.
Dá-me a astúcia de Mical, para usá-la no bem, não para o mal.
Como Abigail, faz-me mensageira da paz.
Como Ester, que eu seja desinteressada e altruísta.
Como Maria faz-me pura e humilde, e como Isabel, capaz de regozijar-me com o bem alheio.
De Marta, dá-me a disposição para o trabalho material e de Maria, o anseio espiritual.
Como Dorcas, a costureira que eu seja útil ao necessitado.
E como Lídia, a mulher hospedeira, que eu abra a porta ao que chegar cansado.
Como a mulher samaritana, que eu corra a falar da salvação.
Senhor, tira de mim se houver :
A vontade de olhar para trás da mulher de Ló.
A preferência por um filho de Rebeca.
O desejo adúltero da mulher de Potifar.
A traição de Dalila.
A trama macabra de Herodias.
De Ti , Senhor, suplico a paz , a bênção e o perdão.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

COMO VIVER NA DIMENSÃO DA ETERNIDADE

O apóstolo Paulo em sua Segunda Carta aos Coríntios, capítulo quatro, versículos dezesseis a dezoito nos ensina a viver na dimensão da eternidade. Nossos pés estão na terra, mas nosso coração está no céu. Vivemos neste mundo como peregrinos, mas estamos a caminho da nossa Pátria permanente. Três verdades saltam aos nossos olhos no texto em apreço. Essas verdades nos direcionam nessa caminhada rumo à glória.


1. Temos um corpo fraco, mas um espírito renovado.“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia” (2Co 4.16). Nossa fraqueza física é notória e indisfarçável. O tempo esculpe em nossa face rugas profundas. Nossas pernas ficam bambas, nossos joelhos trôpegos e nossas mãos descaídas. Cada fio de cabelo branco que surge em nossa cabeça é a morte nos chamando para um duelo. Nosso homem exterior, ou seja, nosso corpo enfraquece-se progressivamente. Mas, ao mesmo tempo, nosso homem interior, ou seja, nosso espírito renova-se de dia em dia, sendo transformado de glória em glória na imagem de Cristo. Ao mesmo tempo em que o nosso corpo se enfraquece, nosso espírito se fortalece. Na mesma proporção que o exterior se corrompe, o interior se renova. Temos um corpo fraco, mas um espírito forte.

2. Temos um presente doloroso, mas um futuro glorioso. “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação” (2Co 4.17). Aqui pisamos estradas juncadas de espinhos, cruzamos vales escuros e atravessamos desertos tórridos. Aqui nossos olhos ficam empapuçados de lágrimas e nosso corpo geme sob o látego da dor. Aqui enfrentamos ondas encapeladas, rios caudalosos e precisamos atravessar fornalhas ardentes. Aqui sofremos, choramos e sangramos. Porém, em comparação com a glória por vir a ser revelada em nós, nossas tribulações são leves e passageiras. O presente é doloroso, mas o futuro é glorioso. Nosso destino final não é um corpo caquético, mas um corpo de glória. Nossa jornada não termina num túmulo gélido, mas na Jerusalém celeste. Nosso fim não é a morte, mas a vida eterna. O nosso futuro de glória deve encorajar-nos a enfrentar com alegria a nossa presente tribulação. O que seremos deve nos encher de esperança para arrostar as limitações de quem somos. Vivemos na dimensão da eternidade!

3. Temos as coisas visíveis que são temporais, mas as coisas invisíveis que são eternas. “Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas” (2Co 4.18). O visível e tangível que enche nossos olhos e tenta seduzir nosso coração é aquilo que não vai permanecer. Tem prazo de validade e não vai durar para sempre. Mas, as coisas que não vemos são as que têm valor e vão permanecer para sempre. Investir apenas naquilo que é terreno e temporal é fazer um investimento insensato, pois é investir naquilo que não permanece. Investir, porém, nas coisas invisíveis e espirituais, é investir para a eternidade. Jesus diz que devemos ajuntar tesouros lá no céu, pois o céu é nossa origem e nosso destino. O céu é nosso lar e nossa pátria. Nosso Senhor está no céu. Muitos dos nossos irmãos já foram para o céu e nós, que fomos remidos e lavados no sangue de Jesus estamos a caminho do céu. Lá está o nosso tesouro. Lá está a nossa herança. É lá que devemos investir o melhor do nosso tempo e dos nossos recursos. Atentar apenas nas coisas que se veem e que são temporais é viver sem esperança no mundo; mas buscar as coisas que os olhos não veem nem as mãos apalpam é viver na dimensão da eternidade, com os pés na terra, mas com o coração no céu!

fonte:artigos.gospelprime.com.br

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

ARVOREANDO

Hoje resolvi fazer diferente. Decidi partilhar com vocês uma mensagem que muito me toca: Arvoreando. O trecho abaixo foi transcrito do DVD “Eu e o tempo”, do padre Fábio de Melo:


“Uma das coisas que eu acho fascinante em Jesus é a capacidade que Ele tinha de encontrar, no meio da multidão, as pessoas. Quando Ele era capaz de reconhecer, em cima de uma árvore, um homem e descobrir nele um amigo. É bonita uma amizade que nasce a partir da precariedade. Quando você chega desprevenido, o outro viu o que você tem de pior, mesmo assim ele se apaixonou por você. Amor concreto, cotidiano, diário. Jesus se apaixonava assim pelas pessoas e as tornava suas amigas. Trazia pra perto dEle.
É fascinante olhar para a capacidade que esse homem, que esse Deus tem de investigar a miséria do outro e encontrar a pedra preciosa que está escondida. Isso é Páscoa. Isso é ressurreição. Quando no sepulcro do nosso coração alguém descobre um fio de vida e, ao puxar esse fio de vida, faz com que a gente fique melhor.
Não há nada mais bonito que você ser achado quando está perdido. Não há nada mais bonito que você ser encontrado no momento em que você não sabe pra onde ir, e nem onde está. O amor humano tem a capacidade de ser Amor de Deus na nossa vida por causa disso. Porque ele nos elege. Por isso é bom a gente ter amigos. Porque, na verdade, as pessoas amigas antecipam no tempo aquilo que nós acreditamos ser eterno. Quando elas são capazes de olhar pra nós e descobrir o que temos de bonito, mas que, às vezes, costuma ficar escondido por trás daquilo que é precário. Por isso que eu agradeço muito a Deus pelos amigos que eu tenho. Pelas pessoas que descobriram o que eu tenho de pior, uma coisinha que eu tenho de bom, e mesmo assim continuam do meu lado. Me ajudando a ser gente. Me ajudando a ser mais de Deus. Ajudando a buscar dentro de mim a essência boa que a gente acredita que Deus esqueceu em cada um de nós.
Ter amigos, como dizia o meu amigo gaúcho Maninho, é como arvorear. Lançar galhos. Lançar raízes. Pra que o outro, quando olhe a árvore, saiba que nós estamos ali. Que nós permanecemos para fazer sombra. Para trazer ao outro um pouco de aconchego que, às vezes, ele precisa na vida.
Arvoreie. Crie árvores. Seja amigo.” (Fábio de Melo)
Obrigado, amigos, por serem raízes que me ajudam a permanecer de pé!
Rafael Rocha
rafaelrocha@portaldt.com

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Paz de Cristo meus irmãos! Lí este artigo no www.artigos.gospelprime.com.br e achei interessante, cheguei até a visualizar certas pessoas que agem desta forma, mas como não estamos nesta terra para julgar ninguém que sirva como fonte de uma auto análise para nós mesmos não agirmos desta forma que desagrada ao Senhor! Segue abaixo o artigo.

CRENTE CONVERTIDO X CRENTE CONVENCIDO

Ja vi vários posts, vários artigos, várias matérias, sobre esse tema. Mas meu propósito com este artigo, é outro. Não é levar conteúdo, e não explicar como muitos fazem. É dizer a você a diferença, é mostrar pra vocês, como reconhecer os dois teores de cristãos. Uma coisa posso lhe afirmar : CRENTE ATÉ O DIABO É; afinal ele crê em Deus não é verdade?
Bom, para começar, vou lhe falar de algo que pode ser notado facilmente no crente convertido. Este exemplo de cristão, sempre procura buscar Deus, em todos os momentos, sem escolher hora ou local. Somos adoradores de Deus, onde estivermos, e este tipo de crente, não se importa de maneira alguma com o que vão dizer dele. Já o oposto, o tal do convencido, se preocupa com o que as pessoas vão dizer. Quando está cantando uma música evangélica, e passa um amigo seu, antigo, do mundão, parece algo incrível, é instantâneo, a música automaticamente para de ser entoada. O medo, é que tirem sarro dele.
Outro fato, que nos mostra a diferença, é a sua postura diante da igreja e de amigos. O crente convertido, vai pra igreja, para adorar a Deus, fecha seus olhos, louva, ouve a palavra, pula, ou até adora a Deus em silêncio. Já o nosso amigo cristão convencido, é bem diferente. Esse vai pra igreja, para olhar “as mina” ou no caso das meninas, para olhar “os mano”. Que adorar que nada, para esse tipo de crente o importante e “se dar bem na fita”. Ele diz que é sapatinho de fogo, que a profecia é ser pastor, mais vai olhar o orkut dele, é foto de sunga, com óleo no corpo e pose sensual. Se vê uma varoa bonita na igreja, é ele que vai até ela de primeira pra orar, quer falar em línguas mostrar que é abençoado.
Sabe o que me deixa mais espantado, é que ambos sabem que Deus está de olhos. Ambos sabem que Deus sonda e conhece seu coração. Mais por que o crente convencido continua a ser “convencido”?
A resposta é simples, ele está PENSANDO que pode. Que pode fazer, aquilo, aquilo outro, e afins. Ora, o que falta para que ele embarque na onda de Jesus Cristo, e entre na conversão? Essa também é simples, alguém chegar para ele e contá-lo que buscar a Deus, é de forma unica para cada indivíduo, mostrar que se ele não está sentindo verdadeiramente a palavra de Deus, então de nada está adiantando sua adoração. A adoração sem excelência é vazia, é oca, não tem valor. A adoração tem que ser VERDADEIRA.

por Dérick Pacheco Caitano
fonte: artigos.gospelprime.com.br/crente-convertido-x-crente-convencido/

sábado, 22 de janeiro de 2011

Deus fez por José e vai fazer por você!

Acredite!!! Deus fez por José e vai fazer por você!!! Tenha fé e busque na presença do Senhor as respostas para todas as suas angustias, creia e Ele te responderá!!! A bíblia diz em Salmo 50:15:
"E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás."
José foi humilhado e desprezado mas confiou no Senhor, esperou o tempo de Deus agir e o mais importante é que no final de tudo ele perdoou! 

Hérica Andrade
 
 Gênesis 37;5:11
5Sonhou também José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso, o aborreciam ainda mais.
6 E disse-lhes: Ouvi, peço-vos, este sonho, que tenho sonhado:
7 Eis que estávamos atando molhos no meio do campo, e eis que o meu molho se levantava e também ficava em pé; e eis que os vossos molhos o rodeavam e se inclinavam ao meu molho.
8 Então, lhe disseram seus irmãos: Tu, pois, deveras reinarás sobre nós? Tu deveras terás domínio sobre nós? Por isso, tanto mais o aborreciam por seus sonhos e por suas palavras.
9 E sonhou ainda outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que ainda sonhei um sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim.
10 E, contando-o a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai e disse-lhe: Que sonho é este que sonhaste? Porventura viremos eu, e tua mãe, e teus irmãos a inclinar-nos perante ti em terra
11 Seus irmãos, pois, o invejavam; seu pai, porém, guardava este negócio no seu coração.
Gênesis 37;23:24
23 E aconteceu que, chegando José a seus irmãos, tiraram a José a sua túnica, a túnica de várias cores que trazia.
24 E tomaram-no e lançaram-no na cova; porém a cova estava vazia, não havia água nela.
Gênesis 43;26
26 Vindo, pois, José à casa, trouxeram-lhe ali o presente que estava na sua mão; e inclinaram-se a ele até à terra.
 Gênesis 45;04:05
4 E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se. Então, disse ele: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito.
5 Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque, para conservação da vida, Deus me enviou diante da vossa face.
 Gênesis 45;15
15 E beijou todos os seus irmãos e chorou sobre eles; e, depois, seus irmãos falaram com ele.